Por meio de técnicas como o Assessment de rede, coordenador técnico da área GAS conseguiu melhorar o rendimento das aplicações em nuvem da filial chinesa de um dos clientes da Nap IT

Você já ouviu dizer que tempo é dinheiro, não é? Então, imagine que sua empresa – com uma filial do outro lado do mundo – está tendo de conviver problemas de lentidão dos sistemas, prejudicando a comunicação com sua central, aqui no Brasil. Essa era a situação vivida por uma empresa da indústria de bebidas. A boa notícia é que tudo foi resolvido sem ter que investir em infraestrutura – e com a ajuda dos especialistas da Nap IT!

Para chegar a esse resultado, a companhia contou com o apoio de Luis Lhullier, coordenador técnico da área de Global Advanced Services (GAS), para identificar os problemas e propor soluções mais rápidas e eficazes.

Analisando o cenário: qual era o real problema?

Ao longo de três semanas, o especialista analisou todas as configurações e estruturas de rede do cliente. A questão central era identificar o motivo das aplicações em nuvem dessa localidade estarem com desempenho abaixo em comparação das demais, ao redor do planeta.

Lhullier investigou toda a planta técnica do local e promoveu um Assessment completo do sistema. Foi aí que o verdadeiro motivo do problema apareceu: hospedadas em servidores da China, as aplicações estavam sendo prejudicadas por um firewall, instalado pelo próprio governo local, que estava bloqueando as comunicações.

Dessa forma, os departamentos internos do cliente estavam sofrendo com quedas e interrupções de sinal, embora nada estivesse errado internamente. No geral, esse transtorno custava em produtividade e, efetivamente, em prejuízos gerais à operação.

Como melhorar a rede: os impactos da consultoria

A saída encontrada pelo coordenador da área GAS foi transferir as conexões dos servidores para outro caminho, agora através da infraestrutura de internet de Hong Kong. A eficácia da ação não demorou a surgir: no geral, os recursos tiveram suas performances melhoradas entre 10 e 50 vezes.

Sem precisar mexer em qualquer questão física, conseguimos reverter um problema que estava sufocando a operação de toda a unidade chinesa desse nosso cliente”, enfatiza o especialista, lembrando que a análise levou em consideração a padronização total e efetiva das ferramentas.

Essa, aliás, é uma das grandes oportunidades abertas pela GAS. “Quando vamos para filiais internacionais, vemos que, mesmo dentro da mesma empresa, os hábitos e a forma de acesso às aplicações são diferentes. Às vezes, até as aplicações são outras. Nosso objetivo, com isso, é oferecer uma opção eficiente e padronizada para esses clientes adotarem as melhores práticas de uso ou para mapearem as possíveis melhorias a serem feitas”, finaliza.

Quer levar esse suporte para sua empresa? Então, não perca tempo e fale já com nossos consultores!

Luis Lhullier