Nap ITAtentas e preparadas, as mulheres estão transformando os negócios em tecnologia. Luciele Ceconello, Gerente de Projetos da Nap IT, é um exemplo dessa oportunidade: com autonomia e habilidade, ela já ajudou a economizar mais de R$24 mi para os clientes

Ter que fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo nunca é fácil. Mas, verdade seja dita, essa é uma habilidade que as mulheres parecem dominar com perfeição. No mundo da Tecnologia, por exemplo, essa é uma capacidade fundamental e que elas têm ajudado a desenvolver cada vez mais! Quer um exemplo? Então, conheça Luciele Ceconello, Gerente de Projetos da Nap IT, que há 5 anos atua para garantir que a integração de tecnologias seja mais completa e prática para nossos clientes.

Multitarefas, na prática

Um dos primeiros nomes a fazer parte do time da Nap IT, Luciele tem como meta entregar soluções que ajudem a resolver as demandas de nossos clientes. Para isso, ela acredita que uma condição essencial de seu trabalho é sempre fazer parte de todo o processo de definição as necessidades de cada projeto. “Há um grande diferencial entre o profissional que assume um escopo já definido e o gerente de Projetos que possui um conhecimento profundo da realidade de cada cliente”, enfatiza a especialista.

Luciele reforça, ainda, que esta aproximação permite encontrar as melhores opções para a implementação como um todo. “Dos diversos projetos que geraram significativos resultados financeiros, posso citar como exemplo um no qual trabalhamos para otimizar os custos de telefonia do cliente. Mas, para encontrar a ferramenta certa a ser instalada, tivemos de buscar no mercado uma solução técnica específica. Por isso, participamos desde o processo de construção do business case, incluindo consultas comerciais com os potenciais fornecedores e testes de viabilidade da solução, e fomos até a contratação do produto, implantação e suporte pós-instalação”, conta.

O resultado desse case foi a instalação de um sistema de gateways que ajudou o cliente a ter a melhor tarifa de ligação nas chamadas realizadas. No final, as análises iniciais sugeriam que o cliente teria, somente no primeiro ano, uma economia de mais de R$ 10 milhões, com redução no custo de até 75% em sua operação telefônica.

Se olharmos os outros projetos liderados pela especialista, no entanto, esse volume é ainda maior. Nos últimos anos, as propostas de Luciele geraram mais de R$ 24 milhões de ‘savings’ e outros R$ 50 milhões em ‘cost avoidance’ para os clientes.

Desafios e oportunidades de um gerente de Projetos

Com clientes em todo o Brasil e forte participação no desenvolvimento das soluções TEM (Telecom Expense Management) e de Infraestrutura de Redes em Telecomunicações da Nap IT, Luciele avalia que o principal desafio de sua rotina é conciliar diversos projetos, com objetivos, escopos, orçamentos, times e cronogramas diferentes. “Cada projeto tem suas peculiaridades, prioridades, times e formas de condução. E manter esta engrenagem funcionando, com todos os stakeholders alinhados, clientes engajados e com os fluxos de comunicação e de trabalho funcionando é muito complexo”, diz a especialista, revelando que, em alguns trabalhos, já teve de liderar equipes com mais de 30 pessoas.

“Nas ações que gerencio, estou envolvida desde a concepção do planejamento até a pós-instalação, a fim de entender todas as dificuldades e possibilidades de melhoria. Acredito que, com uma visão consultiva apurada e conhecimento técnico, é possível identificar as oportunidades e formas mais atrativas para os clientes”, diz a profissional. A ideia é ter uma visão ampla, autônoma e capaz de formular as estratégias mais adequadas para melhorar a relação de atendimento.

Luciele acrescenta que esse tipo de ação também ajuda a abrir novos negócios para a Nap IT. “Muitas vezes, a solução técnica em si, a infraestrutura ideal, não é provida por nós. Mas, como gestores do projeto, atuamos sempre intermediando todas as etapas entre o cliente e os demais envolvidos no projeto”, avalia.

Esse relacionamento estreito entre integradora (representada pela Gerência de Projetos) e cliente tem como foco prover, de forma completa, a entrega efetiva do resultado esperado sem maiores transtornos. “Esse objetivo, contudo, exige sempre muita atenção ao planejamento de cada uma das etapas, trabalhando com muita sinergia com o time técnico e com o cliente para mapear os riscos e suas mitigações”, diz Luciele.

Viu como o Gerente de Projetos pode facilitar a integração tecnológica, apoiando nossos clientes? Siga ligado aqui no Blog da Nap IT e veja como esses e outros diferenciais podem ajudar a conquistar mais qualidade em cada ação!

cta_mulheres-na-ti