Gestor 4.0: Como e porque a NAP IT utilizou o Stock Options para desafiar e promover colaboradores como sócios

O programa apresenta desafios aos participantes em três pilares: capacitação técnica, gestão e negócios

Mais do que incentivar seus colaboradores a alcançarem uma carreira de sucesso, a Nap IT traz a eles a possibilidade de tornarem-se sócios da empresa. Isso é possível pelo programa Stock Options, introduzido aos processos da Nap IT desde 2016. Nesse período, dois colaboradores venceram os desafios impostos pelo programa e chegaram ao C-Level

Em entrevista à coluna Gestor 4.0, o CFO da Nap IT, Regis Gabineski, fala sobre como chegou a esse modelo de negócio e aponta as vantagens de se aplicar um programa em que o colaborador está totalmente engajado com os propósitos da empresa. 

Quer saber como é a gestão do programa Stock Options na Nap IT? Confira a entrevista!

Blog Nap IT – O conceito de Stock Options é muito conhecido no exterior, especialmente no Vale do Silício, onde a ideia já não é mais uma novidade. No Brasil, no entanto, o mercado ainda é tímido. Para esclarecer, o que é um programa de Stock Options?

RG – O programa Stock Options tem como objetivo engajar o profissional no desenvolvimento e crescimento da empresa e no seu próprio desenvolvimento, e atua com planos de remuneração baseados em ações.

No Brasil, realmente esse é um conceito novo, que pode ser aplicado de forma flexível, dependendo dos objetivos de cada organização. Na Nap IT, por exemplo, o programa é distinto aos demais do mercado. Nosso intuito é estimular o profissional a oferecer o melhor da sua força de trabalho para valorizar a empresa, consequentemente aumentando seu próprio patrimônio, como sócio. 

Para chegar a esse estágio, a cada profissional convidado a participar do programa é estabelecido um conjunto de desafios distribuídos em três pilares: capacitação técnica, gestão e negócios. As entregas são avaliadas dentro de cada um desses pilares.

É a origem da “cultura de dono”, que começa de dentro para fora. Ninguém compra ações da Nap IT! Elas são cedidas por meritocracia!

Blog Nap IT – O Brasil ainda não tem uma legislação específica sobre o assunto. Qual é a orientação para as empresas nesse caso?

RG Premiar executivos de alto escalão com um pacote de opções de compra de ações é uma prática antiga, principalmente entre empresas listadas em bolsas de valores ou que têm intenção de abrir capital. Cada empresa pode adotar o seu modelo de atuação para promover seus colaboradores a sócios. Na Nap IT, ajustamos o modelo para que fosse algo dentro da nossa realidade. Dependemos de pessoas para ter uma empresa, e não há nada de errado em condecorá-las com cotas.

O importante é que as empresas saibam que o direito empresarial abrange leis claras e para ajustar essas leis aos processos basta encontrar um bom advogado societário. 

Blog Nap IT – Quais são os principais benefícios para colaboradores e empresas que aderem a esse tipo de iniciativa? E desvantagens, há algo a ser considerado?

RG – Imagine que você se doa para a empresa! Você se sacrifica, abre mão de afazeres domésticos, deixa de estudar mais e vive esgotado por conta do trabalho!

Qual o propósito disso? Trabalhar por um salário? Isso não é sustentável, porque você não recebe os devidos reconhecimentos, fora que pode acabar mudando de emprego!

Pelo programa Stock Options, o principal benefício para o colaborador é ter a chance de ser dono do negócio. Ser acionista é o maior cargo dentro das estruturas empresariais. Outros benefícios estão atrelados, como participar das reuniões de conselho, definição de estratégias e distribuição de resultados.

A parte mais beneficiada é a empresa, porque engaja o profissional que se destaca dentro dos processos da companhia. Ele passa a ser um C-Level, com reconhecimento, inclusive rentável, e com mínimas chances de deixar a empresa. Um colaborador que entregou resultados acima da média, um outlier, merece um lugar de destaque, uma vez que a empresa não seria a mesma sem sua presença, por ser uma peça fundamental no negócio.

Não vejo desvantagens em ter mais sócios. O empresariado ainda quer manter na família ou nos sócios fundadores o controle da companhia, restringindo a entrada de novos sócios. Devido a diversos fatores, eu penso diferente. Gosto da ideia de ter mais sócios. Cada um com responsabilidades e atribuições. Não tenho objeções de ter menos ações da empresa se ela estiver crescendo, porque, ao final do dia, eu prefiro ter 10% da melancia do que 50% da uva.

Blog Nap IT – A Nap IT foi fundada em 2011 a partir de um modelo de negócio disruptivo (o tuning de rede). Seguindo essa linha de inovação, em qual momento a empresa avaliou que seria importante ter um programa de Stock Options? Algum modelo serviu como inspiração?

RG – Em 2016, cinco anos após o início da operação, contratamos uma empresa para estruturar a Nap IT. A decisão veio porque estávamos crescendo muito rápido, tendo dificuldades operacionais e precisaríamos da ajuda de quem era especialista no assunto e contava com experiência de ter apoiado empresas bilionárias. Fizemos aos cinco anos um movimento que empresas de 20 anos não costumam fazer – reinventamos a empresa.

Dentre as diversas alterações, criamos o programa de Stock Options.

Como empreendedor, sempre estive envolvido com startups, tendo a chance, inclusive, de criar outras empresas. Por isso, conheço diferentes modelos de negócios, de processo de contratação e de retenção de talentos.  Porém, as empresas que ascendiam nos Estados Unidos utilizando esses métodos sempre me admiraram. Com base nisso, decidi aplicar os métodos de retenção e desenvolvimento de talentos dentro da Nap IT. Mas só consegui fazer isso porque estava munido da ideia junto a profissionais que conheciam de governança e de um bom advogado para tratar da parte legal.

Blog Nap IT – Quais foram os desafios enfrentados pela Nap IT para apresentar essa iniciativa aos colaboradores? A receptividade foi boa ou gerou incertezas?

RG – O maior desafio é definir as metas para cada participante. Os pilares são os mesmos (capacitação técnica, gestão e negócios), mas as entregas são definidas de forma personalizada.

Ao receber o convite para participar do programa, nos deparamos com um profissional surpreso. Realizamos a leitura dos desafios em conjunto e, ao final, a primeira reação é a de agradecimento.

Blog Nap IT – O programa é válido para todos os colaboradores? Qual é o critério que define os potenciais futuros sócios?

RG – Todos os colaboradores podem entrar no programa, o único critério que temos é o tempo de empresa. Não viramos sócios de quem não conhecemos, logo, precisamos ter alguns anos de convívio. O colaborador será convidado de acordo com os feedbacks do dia a dia, a qualidade da entrega e engajamento com o negócio.

Blog Nap IT – Há exemplo recente de algum colaborador que tenha conseguido êxito com o programa e mereça ser destacado? Conte alguma boa história.

RG – Estamos indo para o oitavo ano de mercado. Desde que iniciamos o programa Stock Options, em 2016, já capacitamos dois novos sócios. O atual CTO da empresa, Luis Lhullier, entrou por meio do programa, tendo sucesso com as entregas em 2017. O mais recente, Klaus Engelmann, virou o CPO da empresa em julho desse ano.

O CTO, Luis Lhullier, é pai de 3 filhos e é duplamente certificado em CCIE – Cisco Certified Internetwork Expert. Como ele achou tempo para virar sócio, tendo que fazer tudo aquilo que o trabalho exigia e que entregar projetos com alta qualidade? 

O CPO, Klaus Engelmann, viajou incansavelmente por mais de 20 países para entregar nossos projetos, geriu equipe, estudou e passou na CCIE e ainda achou tempo para ser o mais novo papai da empresa!

Nesses dois casos, mesmo com todos os desafios diários em suas vidas pessoais e profissionais, eles aceitaram o convite e alcançaram as metas. Estas breves histórias demonstram o senso de determinação e comprometimento que levam colaboradores a se tornarem sócios na Nap IT.  

Fique atento a nossa coluna Gestor 4.0 e saiba quais são as novidades do mercado que podem mudar a gestão de seus negócios!

2019-08-23T10:07:07-03:0022/08/2019|Categories: Gestor 4.0, Popular|Tags: , , |
WhatsApp chat