A voz do CEO: Superação e recompensas de 2020!

Em entrevista para o blog da Nap IT, o CEO Rodrigo Alabarce conta como a Nap IT driblou as adversidades impostas pela Covid-19 para fechar o ano com novos clientes o com a conquista de dois prêmios – o Regional Awards – Sul e o Social Partner of the Year

2020 foi um ano desafiador! A pandemia da Covid-19, além da crise na saúde, trouxe aspectos sociais nunca vistos, como o isolamento que refletiu negativamente na economia mundial.

Mas, em tempos de crise, é preciso ter otimismo, adaptar-se as necessidades do momento e estar atento às oportunidades que surgem. E para a Nap IT isso não foi diferente.

Em entrevista para o Blog da Nap IT, nosso CEO, Rodrigo Alabarce, fala como a determinação de atender os clientes da melhor maneira possível levou a empresa à superação e ao resultado positivo em 2020. Confira!

Blog Nap IT – Como a Nap IT encarou as dificuldades impostas pela Covid-19?

RA – Com a chegada do Covid-19, sabíamos que haveria um impacto negativo na economia, mas não imaginávamos que seria uma das maiores crises dos últimos anos.

Apesar da implementação de tecnologia de forma remota ser uma especialidade da Nap IT, o isolamento social impactou nos projetos que são realizados do zero, que precisamos analisar o ambiente tecnológico da empresa ou conectar soluções à infraestrutura presencialmente.

Além disso, com o lockdown muitos clientes foram afetados e os projetos foram postergados.

O impacto que sofremos foram os mesmos dos nossos clientes e de muitas outras empresas em nível global. Estávamos vivenciando uma situação na qual ninguém sabia o que iria acontecer, por isso agimos rápido para recalibrar as metas e fazer as adequações necessárias e seguirmos com nossos projetos.

Blog Nap IT – As adequações refletiram no modelo de atendimento ao cliente?

RA – No caso de empresas que estávamos orçando projetos pela primeira vez houve certa dificuldade nos processos da pré-venda remota. A Nap IT tinha que contar com os dados enviados pela empresa, como uma planta baixa para analisar a infraestrutura do ambiente, por exemplo. No início, os clientes estavam fechados e era difícil extrair a informação correta para desenvolver o projeto. Mas logo entenderam a dinâmica do momento e o trabalho fluiu.

Desta forma, conseguimos fechar bons contratos sem ter reunião presencial com o cliente.

Blog Nap IT – Os profissionais da Nap IT tiveram que fazer quarentena quando o atendimento era em outro estado ou fora do país?

RA – Sim, tivemos alguns casos. Em meio a pandemia alguns profissionais ficaram quase três meses presos em outro país porque não tinham como voltar. Também tivemos clientes que solicitaram período de quarentena caso nossos profissionais se transportassem de avião.

Houve ainda um caso em que o próprio cliente nos ajudou a resolver o problema de transporte para que pudéssemos entregar o projeto no tempo estipulado. Para esse cliente, que é do segmento fumageiro, tínhamos que implementar toda a rede de sua nova fábrica, localizada em Cuba. Caso nossos profissionais viajassem em voos comerciais, eles deveriam ficar isolados no hotel por 15 dias.

Como o prazo era extremamente curto para a implantação, o cliente fretou um avião para todos os profissionais brasileiros, diminuindo assim a exposição ao vírus da Covid-19. Com isso, o período de isolamento no hotel diminuiu de 15 para 5 dias, aumentando o tempo para a entrega do projeto.

Blog da Nap IT – Os profissionais que realizam serviços como configuração e monitoramento de tecnologias podem trabalhar remotamente?

RA – De forma geral eles fazem as configurações de seus equipamentos em home office, mas tivemos uma situação em que foi preciso fazer uma virada de um NOC 24X7. Essa virada não podia impactar no monitoramento de rede de nenhum dos nossos clientes, por isso esse foi um dos aspectos mais desafiadores que a Nap IT enfrentou durante a pandemia.

Transformamos uma estrutura física que demandava a presença de profissionais em nosso escritório em uma estrutura 100% cloud. Essa virada foi realizada em 24 horas e a partir daí os profissionais puderam trabalhar no sistema home office de forma segura e produtiva.

Blog da Nap IT – Como os colaboradores da Nap IT encararam o home office?

RA – A Nap IT nasceu de forma remota e ainda hoje os colaboradores têm a liberdade para trabalharem remotamente, porque poucos departamentos exigem o trabalho presencial. Mas, o que ocorreu é que quando as pessoas começaram a ficar em casa por uma certa ‘imposição’, muitos sentiram dificuldade em conciliar a jornada do trabalho com as rotinas da casa. Sentiram ainda que trabalham mais, já que acabam reduzindo o horário de almoço e ultrapassando o horário do expediente para atender às reuniões online e ao fluxo do trabalho. Mas todos esses fatos foram constatados mundialmente, não é um problema isolado.

Blog da Nap IT – A Nap IT atuou para amenizar problemas de interação entre equipes causada pelo home office?

RA – No início de 2020 contratamos uma empresa especializada em aprendizagem, a LEADedu, para atuar na cultura e na performance comportamental no ambiente corporativo. Este projeto estava com curso e estávamos tendo bons resultados. Porém, com o isolamento, a cultura foi afetada e não tinha como ser diferente, mas com o apoio do projeto pudemos reforçar nossos valores, mesmo estando distantes.

Outra forma que encontramos para tornar nossa relação mais calorosa foi fazer mensalmente um happy hour virtual. São momentos de descontração e interação entre as equipes.

Blog da Nap IT – A Nap IT pode dizer que 2020 foi um ano de oportunidades e conquistas?

RA – Sim. Apesar de tudo o que aconteceu – e infelizmente ainda está acontecendo –, pudemos atender as demandas de nossos clientes e conquistamos novos clientes.

Mas, do meu ponto de vista, o que merece maior destaque é a conquista do prêmio Regional Awards – Sul, que ganhamos da Cisco, durante o evento anual Partner Forum 2020. É o terceiro ano consecutivo que ganhamos esse prêmio, e saber que em meio a uma crise mundial conseguimos manter nossa performance como canal de vendas de destaque no Rio Grande do Sul foi muito gratificante.

E para nossa surpresa, nesse mesmo evento, um segundo prêmio foi anunciado para a Nap IT – o Social Partner of the Year. Desta vez o foco foi para uma ação social que tivemos o prazer de participar ao lado de grandes empresas como Ambev e Gerdau e o Hospital Albert Einstein, que se uniram para construir o Centro de Tratamento da Covid-19, anexo ao Hospital M´boi Mirim, em São Paulo.

Para esse projeto, configuramos as redes cabeadas e sem fio, modernizamos os sistemas de videoconferência e conectamos todas as novas tecnologias do anexo às já instaladas no hospital. Todo o trabalho foi feito remotamente, respeitando as regras de isolamento social.

Esses prêmios nos motivam e demonstram que mesmo diante de uma adversidade tão grande podemos trabalhar e fazer a diferença, seja no aspecto econômico ou em projetos sociais.

Blog da Nap IT – Quais são as expectativas para 2021?

RA – Li na pesquisa da IDC Brasil “Tecnologias na pandemia: os impactos e tendências do mercado” que 2021 vai voltar a mostrar números positivos no mercado de TI a partir do segundo trimestre. Ótimo! Mas, agora, nossa maior expectativa é que o mundo todo saia dessa pandemia. Por isso o foco continua sendo a preservação das vidas até a chegada da vacina. E assim que tudo passar, queremos reencontrar as pessoas, voltar a nos abraçar. Temos a certeza de que 2021 será melhor!

Newsletter
Inscreva-se abaixo e fique informado sobre o mercado de TI.